Inclusão não é favor. Inclusão é direito!

O padrão é sermos diversos e plural.


A inclusão é um processo do ser humano, e não apenas da pessoa com deficiência.

Quanto mais a gente fala sobre inclusão, mais a gente precisa falar.

E não é apenas falar, é agir, é sermos agentes transformadores das mudanças que buscamos no mundo.


Ao mesmo tempo que a gente prepara nossos filhos para o mundo, precisamos preparar o mundo para eles.

Apenas vivendo a inclusão, isto é, uma construção plural, é possível ensinar, aprender e reconhecer no outro o que nos falta, o que nos completa e o que nos faz sermos gente, através dos aprendizados em comum, todos juntos e compartilhando o que em cada um transborda.

Vamos espalhar essa mudança!


Compartilhe também

Para que mais pessoas possam saber e terem a oportunidade de fazer parte dessa transformação!